Consórcio Santa Cruz é multado por irregularidades em linhas de ônibus

Os ônibus das linhas 366, que fazem o trajeto Campo Grande – Praça Tiradentes e 398 Campo Grande-Praça Tiradentes, via Av. Brasil, demoram mais de uma hora para passar, segundo reclamações dos usuários. Em atendimento às queixas, a Secretaria Municipal de Transportes aplicou de janeiro a abril 11 multas ao consórcio Santa Cruz, responsável linhas, por operar com frota abaixo do determinado, má conservação, documento vencido e por faltar à vistoria anual.

A redução do número de ônibus em algumas linhas e o desaparecimento de outras têm sido alvo de reclamações frequentes dos passageiros. Outro exemplo, na Zona Oeste, é a linha 388, Santa Cruz Candelária, via Av. Brasil, Expresso, também do consórcio em Santa Cruz, que só tinha quatro carros circulando e não operava durante os fins de semana.

De acordo com a Secretaria, os consórcios têm obrigação contratual de manter os serviços operando de forma regular e satisfatória, sem causar prejuízo aos passageiros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.