Rodoviários rejeitam proposta dos empresários e anunciam greve para segunda-feira

O Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Ônibus do Rio (Sintraturb) rejeitou na noite desta quinta-feira (7/6) a proposta encaminhada pelo Rio Ônibus, sindicato das empresas do setor, e anunciou a paralisação gradual dos ônibus a partir de segunda-feira (11/6). Eles reivindicam o pagamento de salários atrasados, 13º, férias, cestas básicas e o dissídio de 2017.

Trabalhadores da viação Paranapuan, na Ilha do Governador, paralisaram o serviço na manhã desta sexta-feira (8/6). Segundo a diretora do Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Ônibus do Rio (Sintraturb), Angela Maria Lourenço, a empresa não paga os salários e o vale alimentação dos rodoviários há três meses, além do 13º.

Greve por tempo indeterminado

A proposta do Rio Ônibus para a categoria foi de aumento salarial de 4%, sendo 2% em junho e mais 2% em novembro. Para Sebastião José, presidente do Sintraturb, a oferta das empresas é, “no mínimo, ridícula”. Ele lembra que os trabalhadores estão há dois anos sem reajuste. “O que queremos é reajuste de 10% nos salários, plano de saúde, retorno da data base para 1º de março, vale alimentação de R$ 409,50, vale refeição de R$ 480, fim da dupla função e suspensão das multas e da pontuação com maior prazo para recursos. Disso não vamos abrir mão”, destacou o presidente.

Segundo o presidente do Sintraturb, a greve será geral e por tempo indeterminado, mas o movimento acontecerá de forma gradual para evitar ao máximo que os usuários sejam atingidos.

Os rodoviários entraram em estado de greve na segunda-feira, depois da assembleia geral com a presença cerca de 350 rodoviários. Na ocasião, a Rio Ônibus emitiu um ofício, dizendo que com o reajuste das passagens concedido pela Prefeitura teriam condições de discutir as propostas do Sintraturb.

Foto: Beth Santos/ Fotos Públicas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.