Torcedores destroem trens da SuperVia na volta do Maracanã

Três composições da SuperVia foram quebrados na noite desta quarta-feira (18/7) por torcedores que foram ao Maracanã, na Zona Norte do Rio, assistir à partida entre Flamengo e São Paulo. Segundo a concessionária, seis janelas foram arrancadas dos trens dos ramais Japeri, Saracuruna e Santa Cruz.

Duas composições danificadas já foram reparadas e estão circulando normalmente nesta quinta-feira (19/7). A última continua fora de operação para a realização dos concertos.

Em nota, a SuperVia declara que a segurança pública é uma atribuição do governo do estado, “apoia o trabalho da PM, que atua por meio dos seus grupamentos militares, designando agentes para operações em dias de jogos”, e destaca que monitora trens e estações para o acionamento da polícia quando necessário.

No ano passado, a concessionária registrou pelo menos cinco grandes casos de vandalismo envolvendo torcidas organizadas. Mais de 60 janelas foram arrancadas das composições, seis estações foram atacadas, tendo portões arrancados, bancos, lixeiras e catracas destruídos e uma bilheteria foi assaltada.

Desde janeiro, a população pode ajudar no combate à depredação das composições, denunciado, por meio do Disque-Denúncia 2253-1177, atos de vandalismo, que causam danos ao sistema e prejudicam a viagem de milhares de passageiros.

Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.