Passageiros reclamam da falta de segurança nas linhas de Niterói e Maricá

Dois ônibus da viação Nossa Senhora do Amparo, que fazem o trajeto Castelo-Itaipuaçu e Niterói-Maricá, foram assaltados na noite desta quarta-feira (15/8) – um na Rodovia Amaral Peixoto, na altura do bairro Arsenal, e outro no bairro Caramujo. Os criminosos aproveitaram o embarque dos passageiros e invadiram os coletivos, mandaram apagar as luzes e recolheram os pertences dos passageiros e o dinheiro caixa.

A professora Tania dos Santos Maia, que trabalha em Niterói e mora em Maricá, disse que entra nos ônibus com medo. “Ouço muitos relatos de assaltos, inclusive com feridos, mas é a única condução que tenho para trabalhar. A insegurança é muito grande e a tarifa é cara. Pago R$ 22,00”, lamenta Tânia.

As linhas que atendem os moradores de São Gonçalo, Niterói e Maricá, na Região Metropolitana do Rio, têm constantes casos de violência. No primeiro semestre deste ano foram registrados em média cinco delitos por dia.

Segundo o Instituto de Segurança Pública (ISP), na região foram registrados 938 casos só no primeiro semestre de 2018, o que representa um crescimento de 23% na comparação com o mesmo período do ano passado. Os locais onde ocorrem mais assaltos são a Rodovia Niterói-Manilha, em São Gonçalo e a Rodovia Amaral Peixoto, em Niterói.

Foto: divulgação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.