Homem morre e ônibus é incendiado em Triagem

Um homem morreu durante confronto com a PM, próximo ao Condomínio Morar Carioca, em Triagem, na tarde desta terça-feira (18/9). Em protesto, um ônibus da linha 472, que faz o trajeto Triagem-Leme, foi incendiado no bairro.

A PM informou que policiais do 3º BPM, do Méier, realizavam patrulhamento, quando foram surpreendidos por disparos efetuados por criminosos, próximo ao condomínio. Segundo a corporação, “após cessarem os disparos, um criminoso foi encontrado ferido com uma pistola calibre 9 mm.”  O homem chegou a ser socorrido e levado para o Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier, mas não resistiu aos ferimentos.

Após o confronto, moradores atearam fogo em um ônibus e tentaram bloquear a Rua Ana Nery. De acordo com o Corpo de Bombeiros, militares foram acionados por volta das 14h para combater as chamas no coletivo, na altura do número 129 da Rua Francisco Manoel. Ninguém ficou ferido.

No mês passado, um ônibus da linha 275 (Méier-Candelária) foi incendiado na Rua Doutor Garnier, próximo ao Condomínio Morar Carioca, em protesto pela morte o porteiro Nelson Farias Barros, de 62 anos. Ele foi atingido por uma bala perdida durante uma operação da Polícia Militar na região.

O Rio Ônibus, sindicato das empresas do setor, por meio de suas redes sociais, repudiou o incêndio ao ônibus. Segundo o sindicado, com mais esse caso, 19 ônibus foram incendiados no Rio neste ano e sobe para 173 o número de coletivos atacados desde 2016 em todo o estado.

Foto: Reprodução COR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.