Alerj aprova fim do limite de renda para o Bilhete Único Intermunicipal

A Assembleia Legislativa aprovou na sessão desta quinta (20/9) o fim do limite de renda para o uso do limite do Bilhete Único Intermunicipal (BUI), que atualmente é de R$ 3.205,20 mensais. O projeto é de autoria dos deputados Eliomar Coelho e Gilberto Palmares.

O projeto ainda será votado em segunda discussão antes de ser enviado para sanção do governador Luiz Fernando Pezão.

Segundo Eliomar, a proposta pretende recuperar a universalidade do benefício, reincorporando os milhões de usuários que foram excluídos depois da imposição deste limite. “Além de impor esse limite que aumentou o preço da passagem para milhões de pessoas, os sucessivos cadastros criados pela Fetranspor têm prejudicado usuários que teriam direito ao benefício, mas, diante de tantas dificuldades, ficam excluídas do sistema, pagando mais caro por isso ou até ficando a pé”, disse Eliomar.

Mais cedo, Eliomar, que presidiu a CPI dos Transportes da Alerj, esteve reunido com a presidente do TCE, Marianna Montebello, quando entregou o relatório da CPI, que tem como uma das recomendações o fim desse limite para os usuários. A CPI também pede ao TCE que faça uma auditoria sobre os impactos sociais e econômicos que esse limite causou até hoje.

O documento foi entregue nesta quarta-feira  para o Procurador-Geral de Justiça, Eduardo Gussem, na sede do Ministério Público do Estado do Rio.

Foto: Alerj

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.