Traficantes incendeiam cinco ônibus em Nova Iguaçu

Em menos de 12 horas, criminosos incendiaram cinco ônibus em Nova Iguaçu, em represália a duas operações da Polícia Militar nas favelas do Inferninho e do Buraco do Boi. Os crimes aconteceram neste fim de semana.

Na manhã de domingo (11/11) por volta das 10h da manhã, traficantes atearam fogo em dois coletivos da linha Miguel Couto – Nova Iguaçu, na Avenida Henrique Duque Estrada Meyer, na comunidade do Buraco do Boi, em Ambai. Os passageiros e o motorista não se feriram. O crime ocorreu depois da prisão, na noite de sábado (10/11), de um bandido, que tentou atingir os PMs com uma granada. O artefato explodiu na mão do suposto traficante.

No sábado, 15 pessoas ficaram feridas quando dois ônibus das linhas 5 (Riachão – Guanabara) e 122B (Comendador Soares – Central) foram incendiados em Comendador Soares, por volta das 23h. Duas vítimas continuam internadas com queimaduras, mas estão fora de perigo, segundo a secretaria de Saúde.

Outro coletivo da linha 106 (Paracambi – Nova Iguaçu) foi queimado na Rodovia Presidente Dutra, nas imediações do bairro Rosa dos Ventos. O coletivo estava vazio. Segundo a Polícia Civil, o crime aconteceu em retaliação às operações da PM na comunidade Inferninho, quando dois suspeitos morreram e outros dois foram presos.

De acordo com a Federação das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado do Rio de Janeiro (Fetranspor), incluindo os três coletivos, na Baixada Fluminense, 72 veículos já foram incendiados desde 2016, o que correspondem a 40% dos 182 casos registrados no estado no mesmo período. Em nota, a Federação repudio o ato.

Foto: Reprodução Internet.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.