Nova embarcação construída no Ceará chega a Niterói

A nova barca construída no Ceará chegou ao Rio nesta terça-feira (08/01) e está ancorada na estação Praça Arariboia, no Centro de Niterói. Segundo a Secretaria de Estado de Transportes, a embarcação, batizada de Angra dos Reis, entrará em operação no mês que vem. O trajeto será determinado de acordo com a demanda.

A barca será preparada pelo estaleiro Inace, responsável pela construção, para a realização de testes finais, incluindo a prova de mar. Com capacidade para 500 pessoas e equipada com ar-condicionado, a embarcação e segue os mesmos moldes do catamarã que opera o trajeto Rio-Paquetá, também fabricada no Ceará e entregue em 2015.

A Angra dos Reis custou R$ 22,8 milhões e faz parte do pacote de nove barcas compradas durante o governo de Sérgio Cabral. Na época da licitação, em 2012, as embarcações foram orçadas em R$227 milhões. Duas embarcações foram fabricadas no Ceará e sete na China – das quais quatro ainda não foram entregues por falta de pagamento. Por causa da crise financeira que vem afetando o Rio, a entrega da Angra dos Reis sofreu atraso de três anos. A previsão era de que as nove embarcações integrassem a frota em 2016.

Reajuste de tarifas

As tarifas das barcas serão reajustadas a partir do dia 12 do mês que vem. Para o aumento das passagens das linhas sociais, foi aplicado o índice de 3,33%, referente à variação do IPCA (índice de inflação calculado pelo IBGE) entre fevereiro de 2018 e fevereiro de 2019 (projetado), como previsto em contrato. Com isso, a tarifa praticada passa de R$ 6,10 para R$ 6,30. Já as passagens da linha Praça XV-Charitas serão majoradas em 4,05%, passando de R$ 16,90 para R$ 17,60.

Os reajustes foram aprovados pela Agência Reguladora de Transportes Públicos do Estado do Rio (Agetransp) com base nos contratos de concessão referentes a 2019. A decisão foi publicada no Diário Oficial do dia 21 de dezembro.

Foto: Divulgação/Setrans.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.