Mulher é ferida por bala perdida na estação de Manguinhos

Dinalva Medeiros Santiago, de 53 anos, foi baleada na perna esquerda, por volta das 6h30 desta quinta-feira (04/04), quando aguardava um trem, na estação de Manguinhos, para ir trabalhar no Centro. Ela já tinha entrado na estação que, por medida de segurança, foi fechada pela SuperVia, por causa do tiroteio na região. Dinalva foi levada para o Hospital Souza Aguiar, no Centro, onde foi operada para retirar a bala alojada na coxa.

Esse foi o segundo dia consecutivo de tiros em Manguinhos, que obrigou a suspensão parcial da operação no ramal Saracuruna. Até as 7h20, as composições circularam apenas entre Bonsucesso e Gramacho, sem partidas da Central do Brasil. O trecho Gramacho-Saracuruna não foi afetado.

Por meio de nota, a SuperVia reforçou “que adota a medida para garantir a segurança de seus passageiros e funcionários”. A concessionária informou ainda que desde o início do ano, por medida de segurança, já precisou alterar a circulação de trens 21 vezes por causa de tiroteios nas imediações da via férrea. Segundo a nota, 14 dessas ocorrências foram registradas em Manguinhos.

Foto: Reprodução Redes Sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.