Câmeras instaladas nas barcas dão mais segurança aos usuários

A CCR Barcas concluiu a instalação de circuitos de monitoramento, com gravação de som e imagem, em 13 embarcações que operam no sistema de transporte aquaviário do Rio de Janeiro. As outras seis barcas que completam a frota já possuíam este tipo de equipamento. Os equipamentos foram colocados por determinação da Agência Reguladora dos Serviços Públicos de Transportes do Estado (Agetransp). O prazo para a conclusão dos trabalhos terminou nesta sexta-feira (05/04).

A aparelhagem foi instalada em uma embarcação de cada vez, durante a madrugada, para não interferir na operação. As câmeras foram instaladas em diferentes pontos, como cabines de comando, praças de máquinas e áreas internas das embarcações.

Segundo a Agetransp, os circuitos de monitoramento proporcionam mais segurança para os passageiros e facilitam a identificação de problemas pela tripulação, além de auxiliar a apuração de ocorrências pela agência reguladora, com análise de circunstâncias e procedimentos adotados pela concessionária, podendo contribuir para o aprimoramento de medidas de segurança.

Por não se tratar de obrigação contratual da concessionária, o investimento só foi possível porque o Conselho Diretor da Agetransp autorizou a conversão de uma multa de R$ 720 mil, em valores atualizados. A penalidade é referente ao abalroamento da embarcação Gávea I com a ponte de atracação 3A e a ponte da Transtur, em novembro de 2011, na Praça XV.

Foto: Divulgação Setrans

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.