Chuva forte afeta trânsito e transportes na manhã desta 3ª feira

O Rio amanheceu com tempo instável com chuva. Por volta das 6h, desta terça-feira (07/05) houve registro de chuva forte em pontos isolados, seguida de chuva fraca. De acordo com o Alerta Rio, serviço meteorológico da Prefeitura, a passagem de uma frente fria pelo município deixa o céu com muitas nuvens. A previsão é de chuva moderada a forte, isolada, principalmente à noite. Os ventos são moderados a fortes ao longo do dia e a temperatura máxima ficará em 32 graus e a mínima será de 21 graus. O tempo continua instável na quarta-feira (08/5), com previsão de chuva fraca a moderada isolada a qualquer hora e temperaturas em declínio. A partir de quinta, o tempo fica firme. No fim de semana, as temperaturas se elevam.

No início da manhã, os núcleos de chuva se concentraram de 5h04 as 9h04, principalmente nos bairros da Tijuca onde choveu 20,4 milímetros; Bangu, 17,6 milímetros; Muda, 14 milímetros; São Cristóvão, 12,6 milímetros;  Alto da Boa Vista e Santa Teresa,10,4 milímetros; e Urca; 10,2 milímetros.

Equipes da Prefeitura foram acionadas para retirar os bolsões de água e alagamentos na Rua Teixeira de Freitas, altura do Passeio Público, sentido Lapa; Rua da Constituição, ambas no Centro; na Rua Morais e Silva, altura do nº29, no Maracanã; e Rua Senador Soares, em Vila Isabel.

O trânsito ficou confuso, com lentidão nos dois sentidos da Linha Amarela e na Linha Vermelha, sentido Centro, a partir do Fundão. Na Gávea, o trânsito ainda está lento na Praça Sibélius e na Rua Mário Ribeiro, sentido Lagoa.  Na Avenida Brasil, há retenções no sentido Centro entre Bangu e Deodoro, Penha e Ramos, em Benfica e no Caju. Na via, no sentido Zona Oeste, o tráfego é lento em Coelho Neto, Guadalupe, Deodoro, Realengo e Bangu.

Problemas no transporte público

Os alagamentos no Centro fizeram com que as linhas 1 e 2 do VLT circulassem com intervalos irregulares. Segundo a concessionária, a operação foi normalizada por volta das 10h.

O tráfego da linha 2 do Metrô foi normalizado após um cachorro invadir os trilhos e prejudicar a circulação dos trens. De acordo com a concessionária que administra o modal, o animal foi resgatado e encaminhado ao Instituto de Medicina Veterinária Jorge Vaitsman, na Mangueira. No BRT, guardas municipais fiscalizam a estação Santa Cruz, que faz parte do Corredor Transoeste. Os agentes atuam para coibir o calote. Já foram aplicadas mais de 1.600 multas por esta irregularidade.

Foto: Centro de Operações Rio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.