Casa Fluminense e Meu Rio promovem evento no Largo da Carioca

A sanção pelo governador Wilson Witzel do projeto de lei 3641-A/17, que transfere a gestão dos dados do RioCard da Fetranspor  para uma empresa sem vínculo com as concessionárias de transportes, aprovado na Alerj, foi tema de evento promovido pela Casa Fluminense e o Meu Rio. O governador terá até o dia 19 para sanção.

A ação foi realizada no Largo da Carioca na manhã desta terça-feira (11/06), próximo à estação do Metrô, aproveitando grande fluxo de pessoas. No local foi montada a instalação “Cinco minutos para descobrir que o transporte bom e barato é possível”, que apresenta questões sobre o transporte, como: “Por que a passagem é tão cara?”.

Segundo Vitor Mihessen, coordenador de informação da Casa Fluminense, a transparência é fundamental para que as tarifas tenham valores justos. “Nossa proposta é a redução das passagens, licitação da bilhetagem eletrônica, que nunca houve, e acesso aos dados de deslocamento das pessoas para planejamento da operação das linhas de ônibus”, enumera Vitor.

O PL 3641-A/2017 é de autoria do deputado Luiz Paulo (PSDB), em coautoria com Eliomar Coelho (PSOL) e com o ex-deputado Gilberto Palmares (PT).  O vendedor Artur da Silva, morador de São Gonçalo, apoia o movimento, mas vê entraves para a sanção do projeto de lei. “Acho muito difícil a aprovação do projeto. Este problema está em todo o país”, comenta.

O evento é mais uma etapa da campanha #sancionawitzel, que até esta manhã (11/06), 4.400 pessoas já haviam aderido e enviado e-mail ao governador defendendo a sanção do projeto de lei.

Foto: Estação Rio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.