Violência tira linhas de ônibus de circulação por 24h, em SG

Quatro linhas de ônibus – 23 (Mundel-Fórum), 30 (São Pedro-Fórum), 30C (São Pedro-Alcântara, via Pacheco) e 30A (São Pedro-Fórum, via Pacheco) – deixaram de circular por 24 horas, entre domingo e a manhã de segunda-feira (01/07), em São Gonçalo. Segundo denúncia do Sindicato dos Rodoviários de Niterói a Arraial do Cabo (Sintronac), um motorista foi sequestrado no ponto final do ônibus de uma das linhas, e levado para o Mundel, onde foi agredido e ameaçado por traficantes.

A ação dos criminosos seria uma represália após a empresa Auto Ônibus Alcântara se recusar a liberar um veículo para levar o grupo a uma partida de futebol. Por causa da ocorrência, 20 coletivos, que trafegam pelos bairros Mundel, Vista Alegre e São Pedro, saíram de circulação. Segundo o Sintronac, o transporte voltou ao normal às 8h desta segunda-feira. O sindicato informou ainda que o profissional está recebendo toda assistência necessária, com apoio de médicos, psicológicos e advogados.

A empresa de ônibus, entretanto, negou a versão de que o motorista foi coagido por bandidos. Segundo a viação, o condutor foi abordado no ponto final da linha por um grupo que solicitou o transporte até uma partida de futebol em São Pedro, um outro bairro de São Gonçalo. Ainda de acordo com a empresa, não houve coação por violência e o grupo não apresentava atitudes suspeitas. “O motorista conduziu o veículo até o local e encontra-se bem”, informou.

Em nota distribuída na tarde desta segunda-feira (1/07), a Secretaria estadual de Polícia Militar informou que no domingo, policiais militares do 7° BPM (São Gonçalo) foram verificar denúncias na Rua Cidade de Lisboa, no bairro Barracão. No local, ainda segundo a PM, os policiais foram informados que criminosos armados obrigaram o motorista de um coletivo a fazer um determinado percurso com um grupo de pessoas. A nota afirma que ele e o cobrador foram liberados e que uma ocorrência foi registrada na 74ª DP (Alcântara).

Ainda segundo a PM, no mês de junho, o 7° BPM passou a contar com o Grupamento de Policiamento Transportado em Ônibus Urbano (GPTOU), atuando em operações de abordagem e revista em ônibus para coibir práticas delituosas, como roubos, furtos e depredações. A nota afirma que “o grupamento atua em São Gonçalo através de rondas em viaturas e baseamento em pontos alinhados de acordo com o horário de maior incidência de ocorrências”.

Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.