Tiroteio afeta a circulação de trens e o tráfego em Manguinhos

Um tiroteio durante uma operação da PM, em Manguinhos, no início da manhã desta quarta-feira (03/07) afetou a circulação de trens no ramal Saracuruna por uma hora. Os disparos começaram a ser ouvidos no fim da madrugada, por volta das 5h30. Por causa da troca de tiros, as composições só circularam entre as estações Bonsucesso e Gramacho e no trecho Gramacho-Saracuruna. As partidas do ramal na Central do Brasil foram suspensas. A SuperVia informou que às 6h47, a operação foi normalizada.

“A SuperVia adota a medida para garantir a segurança de passageiros e funcionários. A concessionária lamenta que a insegurança observada em todo o estado atinja também o sistema ferroviário e cause transtornos aos milhares de passageiros dos trens. Apenas em 2019, a operação já foi impactada 37 vezes por tiroteios registrados nas imediações do sistema”, informou a concessionária por meio de nota.

O trânsito também sofreu com os impactos da operação realizada por agentes da UPP, do Grupamento de Intervenção Tática (GIT) e do 16º BPM (Olaria) nas comunidades de Manguinhos e Mandela. A Rua Leopoldo Bulhões foi fechada nos dois sentidos, por cerca de uma hora. O tráfego ficou congestionado no entorno, principalmente nas alternativas para os motoristas, como Linha Amarela e o Viaduto de Benfica. Segundo o Centro de Operações Rio, às 8h17, a Leopoldo Bulhões foi totalmente liberada.

Foto: Centro de Operações Rio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.