Mudança nos horários das barcas é adiada pela segunda vez

As alterações nos horários propostas pela CCR Barcas para as linhas Cocotá, Paquetá e Arariboia foram adiadas pela segunda vez pela própria concessionária. As mudanças serão implantadas no dia 15 de janeiro. 

Segundo a CCR Barcas, o adiamento ocorre devido à intimação recebida da Secretaria Estadual de Transportes (Setrans) e da Agência Reguladora de Serviços Públicos Concedidos de Transportes do Estado do Rio (Agetransp) sobre a decisão judicial que autoriza a implementação das medidas.

Representantes da Associação de Moradores de Paquetá entraram, nesta terça-feira (07/01), com uma segunda liminar contra a alteração de horário. O objetivo, segundo o presidente da Associação de Moradores da Ilha, Alfredo Braga, é reforçar o caráter de urgência da medida.

O presidente da Comissão de Transportes da Assembleia Legislativa do Estado do Rio (Alerj),  deputado Dionísio Lins, encaminhou na terça-feira (07/01) requerimento ao secretário estadual de Transportes, Delmo Manoel Pinho e ao presidente da Agetransp, Murilo Leal, pedindo que a CCR Barcas mostre os motivos que levaram às mudanças da grade de horários das barcas sem consulta prévia à agência reguladora, o que consequentemente trará transtorno aos moradores das regiões.

Aumento de tarifa

A CCR Barcas alegou que reduziu o número de viagens para “adequar a oferta à demanda, diminuindo os impactos da crise financeira”. As alterações foram anunciadas pela concessionária, dois dias depois que foi divulgado o reajuste de 3,29% das tarifas. Nas linhas sociais Praça 15-Arariboia, Praça 15-Paquetá e Praça 15-Cocotá a tarifa passa dos R$ 6,30 para R$ 6,50 e na linha Praça 15-Charitas vai de R$ 17,60 para R$ 18,20. O aumento será aplicado a partir do dia 12 de fevereiro.

Foto: divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.