Torcedores depredam trens após partida entre Vasco e Flamengo

A SuperVia registrou novos casos de vandalismos por torcedores após o jogo Vasco e Flamengo, realizado nesta quarta-feira (22/01) à noite no Maracanã. Dois trens extras para Japeri tiveram quatro janelas arrancadas e um trem extra para Santa Cruz foi depredado, ficando com dez janelas destruídas. De acordo com a concessionária, os trens avariados foram retirados da grade e enviados à oficina para a reposição das janelas. Nesses casos, a previsão de reparos é de 48h.

Um passageiro, do trem extra para Santa Cruz, furtou uma câmera de segurança na plataforma da estação Méier, quando a composição parou para embarque e desembarque.

Segundo a concessionária, no ano passado, foram registradas 298 ocorrências de vandalismo de janelas e visores de porta arrancados durante as viagens. Em 2018, foram 186 casos desse tipo. “A SuperVia lamenta que casos como esses coloquem em risco quem utiliza o sistema ferroviário, além de danificar os trens, causando transtornos aos passageiros. A empresa ressalta que, de acordo com o contrato de concessão, a segurança pública nos trens e estações é uma atribuição do Governo do Estado, que atua por meio do Grupamento de Policiamento Ferroviário (GPFer)”, diz a nota da empresa.

Ainda segundo a nota da concessionária, em dias de jogos nos estádios próximos à ferrovia (Maracanã e Nilton Santos), são realizadas operações especiais no sistema, envolvendo o Grupamento Especial de Policiamento em Estádios (Gepe) e o efetivo de segurança da SuperVia. Os agentes de controle da concessionária não têm poder de polícia e fazem o patrulhamento, sendo orientados a acionar os órgãos policiais sempre que necessário. Os casos são registrados em delegacia.

Foto: Divulgação Supervia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.