Covid-19: Rio restringe circulação de linhas intermunicipais

Para deter a velocidade de contágio do coronavírus, o Detro publicou uma portaria nesta terça-feira (17/03) que restringe a operação das linhas intermunicipais de ônibus da Região Metropolitana para outros municípios do estado do Rio. Segundo a determinação, está proibida, por 15 dias, a circulação de quaisquer ônibus entre a Região Metropolitana e o interior. A medida afeta linhas regulares, coletivos fretados e veículos de turismo.

O transporte intermunicipal realizado dentro da Região Metropolitana continuará sendo operado com os passageiros podendo ser transportados somente sentados. Já o transporte entre os municípios do interior continuará ocorrendo normalmente.

A medida foi tomada considerando que a maior parte dos casos da Covid-19 no estado está concentrada na Região Metropolitana. Os passageiros com bilhetes emitidos para os municípios com restrição, com validade posterior à data da portaria, serão ressarcidos pelas respectivas empresas.

São considerados municípios da Região Metropolitana:

Belford Roxo; Cachoeiras de Macacu; Duque de Caxias; Guapimirim; Itaboraí; Itaguaí; Japeri; Magé; Maricá; Mesquita; Nilópolis; Niterói; Nova Iguaçu; Paracambi; Petrópolis; Queimados; Rio Bonito; Rio de Janeiro; São Gonçalo; São João de Meriti; Seropédica; Tanguá.

Ações na cidade do Rio

O prefeito do Rio, Marcelo Crivella, também confirmou na manhã desta terça-feira que os ônibus municipais só circularão com passageiros sentados.

As empresas de ônibus da cidade estão autorizadas pela Prefeitura a reduzir suas frotas em até 40% a partir desta terça-feira (17/03). Segundo o município, o Rio teve diminuição na demanda de passageiros por causa da suspensão das aulas e de diversas outras atividades em meio ao surto do novo coronavírus.

O decreto estabelece que a resolução tem validade “durante o período de permanência das medidas adotadas para a redução do contágio”.

Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.