Prefeito proíbe que passageiros viagem em pé nos ônibus e BRT’s

O prefeito do Rio, Marcelo Crivella proibiu a partir desta terça-feira (17/03) que passageiros viagem em pé nos ônibus e no BRT. A restrição faz parte do pacote de medidas para conter o avanço do coronavírus.  “Pedimos mais ônibus nos horários de pico para atender esses passageiros, mas não podemos ter passageiros em pé tendo o risco do nível do contágio”, disse o prefeito em coletiva na Cidade das Artes. A orientação é que quando todos os bancos dos coletivos estiverem ocupados, os motoristas não parem nos pontos.

Segundo Crivella nesta segunda (16/03) houve redução no volume de passageiros. “Pelo Waze, caiu a frequência de ônibus em mais de 60%. Portanto, vão sobrar ônibus. As pessoas na Zona Sul estão saindo menos de casa do que as das zonas Norte e Oeste”, disse. “É possível que a gente possa fazer uma mudança”, acrescentou.

Mas hoje também a Prefeitura publicou um decreto autorizando as empresas de ônibus do Rio a reduzir suas frotas em até 40% a partir desta terça-feira (17/03).  A resolução tem validade “durante o período de permanência das medidas adotadas para a redução do contágio”.

Outras medidas da Prefeitura:

Cancelamento das áreas de lazer, como as da orla (Aterro, Avenida Atlântica)

Fechamento dos Parques Municipais (Grumari-Prainha, Chico Mendes, Marapendi, Bosque da Barra, Bosque da Freguesia, Chacrinha, Eduardo de Matos, Catacumba, Dois Irmãos)

Pão de Açúcar, cinemas e teatro fechados

Pedido à Guarda Municipal que se façam apelos a pessoas que não frequentem e não façam aglomerações em área de banho

Restaurantes populares continuam abertos para café da manhã e almoço

Casas da Providência fechadas

Sem serviço na SMTR para recorrer de multa presencial

Transporte de passageiros somente com todos sentados

Pedido para donos de bares e restaurantes restrinjam clientes à metade

Pedido para clubes esportivos, colônias de férias e academias sejam fechados

Determinação do fechamento de 24 vilas olímpicas

Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.