Supervia vai fechar 8 estações e Barcas suspende duas linhas

Como medida para conter a disseminação do coronavírus, a Supervia vai fechar oito estações na Baixada Fluminense. A CCR vai suspender a operação de duas estações – Charitas e Cocotá –. No metrô, três paradas da linha 2 terão acesso controlado. A determinação é válida a partir deste sábado (21/03).

As linhas de ônibus municipais vão funcionar normalmente. O secretário estadual de Transportes, Delmo Pinho, em entrevista ao Bom Dia Rio nesta sexta-feira (20/03), disse que é importante que os sistemas municipais do Rio, de Nova Iguaçu, Caxias, Niterói operem porque “eles vão ser o braço forte da alimentação do sistema”. A circulação de linhas intermunicipais está proibida por decreto.

Delmo Pinho disse que o acesso será liberado apenas para trabalhadores de setores essenciais, como Saúde, Segurança, Imprensa, de abastecimento de gêneros alimentícios e empresas de transporte, que vão receber um passe especial para embarcar nas estações.

Nos trens da Supervcia, no ramal Japeri ficarão sem serviço as estações Olinda; Presidente Juscelino. No ramal Belford Roxo, não abrirão Coelho da Rocha, Agostinho Porto e Vila Rosali. No ramal Saracuruna, Campos Elísios, Corte 8 e Jardim Primavera ficarão fechadas. 

Já a CCR Barcas vai suspender as linhas Praça 15-Cocotá e Praça 15-Charitas também a partir de sábado (21/03). A estação da Praça Arariboia, em Niterói, vai permanecer aberta. Já as linhas de ônibus municipais vão funcionar normalmente.

Na linha 2 do metrô, as estações Pavuna, Rubens Paiva e Acari também terão acesso controlado.

Delmo Pinho disse que o acesso será liberado apenas para trabalhadores de setores essenciais, como Saúde, Segurança, Imprensa, de abastecimento de gêneros alimentícios e empresas de transporte, que vão receber um passe especial para embarcar nas estações.

A prefeitura também anunciou que vai suspender, temporariamente, a partir deste sábado, a ligação do BRT entre os terminais Alvorada e Jardim Oceânico, na Barra da Tijuca.

A medida foi adotada para evitar aglomerações na ligação entre os ônibus articulados e o metrô da Barra. No decreto anunciando a mudança, publicado no Diário Oficial do Município de hoje, a prefeitura alega que a ligação entre os dois tipos de transporte está “demandando o sistema BRT”.

Duas linhas vão substituir temporariamente as que foram suspensas, segundo o decreto:

40 – Madureira x Alvorada (expresso)

25 – Mato Alto x Alvorada (parador)

As linhas do BRT suspensas são:

21 – Recreio Shopping x Jardim Oceânico (parador)

40 – Madureira x Jardim Oceânico (expresso)

53 – Sulacap x Jardim Oceânico (parador)

25 – Mato Alto x Jardim Oceânico (parador)

Duas linhas vão substituir temporariamente as que foram suspensas, segundo o decreto:

40 – Madureira x Alvorada (expresso)

25 – Mato Alto x Alvorada (parador)

Foto: divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.