Em 20 dias, consórcios de ônibus e BRT recebem 232 multas

Desde a determinação da Prefeitura de que os ônibus estavam proibidos de circular com passageiros em pé, fiscais da Secretaria Municipal de Transportes já aplicaram 232 multas a empresas e consórcios por rodarem com veículos lotados. A medida tem o objetivo de reduzir o contágio pelo coronavírus.

Somente o BRT, recebeu 189 autuações. Durante as ações, as equipes da Secretaria flagraram diversos ônibus descumprindo a norma nos corredores Transoeste, Transcarioca e Transolímpica.

Outras 43 multas foram aplicadas aos demais consórcios, responsáveis por linhas de ônibus convencionais, por diferentes irregularidades: inoperância de linhas, circulação com frota abaixo do determinado, falta de vistoria e cobrança de tarifa abaixo do valor estabelecido.

De acordo com o órgão, as ações seguem de forma intensificada, a fim de coibir a prática de transportar passageiros em pé, sem haver lotação nos coletivos, visando resguardar a saúde dos usuários e dos próprios motoristas. 

Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.