BRT e trens circulam lotados; barcas têm movimentação intensa

O Consórcio BRT colocou dez ônibus convencionais para desafogar a aglomeração de passageiros na Estação Mato Alto, no corredor Transoeste. Mesmo com o reforço, os coletivos saíam do ponto lotados. Dois ônibus foram liberados para a estação Santa Cruz e outros dois para a Pingo D’Água.

O BRT informou que o controle efetivo de acesso de passageiros aos ônibus cabe aos agentes públicos com poder de polícia, já que os controladores de estação e os motoristas não têm o poder de barrar passageiros que forçam a entrada nos ônibus.

Fiscais da Secretaria Municipal de Transportes chegaram ao local às 4h30. Nesta segunda-feira (08/06), a Prefeitura informou que aplicou 171 multas em ações de fiscalização nos terminais Alvorada e Santa Cruz e nas estações Mato Alto, Pingo D’Água e Madureira. As irregularidades flagradas foram lotação excessiva, intervalo entre os ônibus acima do determinado, falta de organização das filas no terminal, portas com defeito e falta de informação aos passageiros.

Trens e barcas

Nos trens da Supervia, os passageiros reclamaram que o tempo de viagem aumentou e os trens estão mais cheios. Na segunda-feira, a concessionária interligou os ramais Deodoro e Santa Cruz.

Com a nova operação, os ramais Santa Cruz e Japeri deixaram de compartilhar a mesma linha. Os trens do ramal Santa Cruz passaram a usar as linhas do ramal Deodoro, realizando o serviço de parador, atendendo também as estações do ramal Deodoro. Não há mais partidas na estação Deodoro. Segundo a concessionária, a mudança vai garantir 522 mil lugares a mais no sistema.

A Supervia afirma que, apesar da realização de mais paradas, o tempo total da viagem entre Santa Cruz e Central não sofreu aumento significativo, uma vez que os trens passaram a aguardar menos cruzamentos no percurso.

A operação na extensão Guapimirim está suspensa.

A supervia só venderá passagens para quem estiver usando máscaras

Na manhã desta terça-feira (09/06), as barcas tinham movimentação intensa, mas sem filas. Guardas municipais medem a temperatura dos usuários. O decreto do governo do estado em relação às viagens intermunicipais se mantém, com as regras estabelecidas de que todos os passageiros estejam sentados.

Terminal de Nova Iguaçu

No Terminal Rodoviário de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, uma equipe do Detro fiscalizava os veículos que saíam em direção ao Rio de Janeiro. Era possível ver os ônibus saindo sem lotação. Os ônibus eram higienizados e quem embarcava recebia álcool em gel nas mãos antes de entrar nos veículos.

Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.