Caminhoneiros denunciam assaltos no Arco Metropolitano

Motoristas dizem que criminosos têm usado postes de iluminação derrubados no Arco Metropolitano e outros tipos de barreiras para assaltar caminhoneiros que passam pela via.

Segundo o RJTV, há trechos com mais de cinco postes caídos em sequência, o que deixa a estrada completamente às escuras e facilita a ação de assaltantes. Segundo caminhoneiros, alguns desses postes são atravessados na pista. O motorista é obrigado a parar e acaba assaltado. Além de postes, os ladrões também usam paralelepípedos e pedras para bloquear a passagem.

Para tentar evitar os assaltos, os caminhoneiros passaram a circular em comboios. Eles se reúnem num determinado ponto da estrada e seguem juntos lado a lado, dificultando a ação dos criminosos.

Em 2019, quase 200 motoristas foram assaltados no Arco Metropolitano. A estrada custou mais de R$ 2 bilhões e o Tribunal de Contas encontrou inúmeras irregularidades como o superfaturamento dos postes em mais de R$ 4 mil. O Arco Metropolitano foi construído para reduzir o tempo de viagem do Rio a São Paulo e facilitar o escoamento da produção do estado.

Foto: divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.