Instituto de Condutores cobra do Detran reabertura dos serviços

Em reunião no Detran, nesta terça-feira (11/08) a direção do Instituto Nacional dos Centros de Formação de Condutores e Cursos para Educação de Trânsito (Inacenfor) apresentou propostas para reabertura do Registro Nacional de Carteira de Habilitação (Renach)). O serviço controla a emissão de Carteiras Nacional de Habilitação (CNHs) e a Permissão Internacional para Dirigir (PID). De acordo com o Inacenfor, a retomada do atendimento iria ajudaria a manter os 840 Centros de Formação de Condutores (CFCs) existentes no estado do Rio.

A assessora da presidência do Instituto, Jaqueline Ribeiro, explica que o Renach é de fundamental para que o aluno dê início ao processo de realização dos exames clínico, médico, teórico e prático da emissão da CNH. A assessora propôs que a emissão do Renach fosse feita diretamente nas auto escolas. “Isso contribuiria para desafogar o trabalho no Detran e liberar os profissionais para outros setores, além de colaborar com o retorno do funcionamento das auto escolas.”, argumenta Jaqueline. Ela acrescenta que o Detran não teria nenhum tipo de gasto. “Pelo contrário, continuaria com toda a arrecadação referente ao pagamento dos Dudas para a realização do serviço”, destaca Jaqueline.

Antes da pandemia eram formados cerca de 28 mil novos condutores de veículos por mês; hoje, esse número não chega a 12 mil.

Já o representante do Detran, Erick Duarte, que coordenou o encontro, informou que ainda não há previsão do retorno do serviço do Renach pelo órgão, já que o número de funcionários está muito reduzido devido a pandemia da Covid 19, o que vem trazendo transtornos para todo o sistema. Duarte disse ainda que a empresa Pevax, realizará a recontratação de 125 funcionários através de um Termo de Ajuste de Contrato (TAC) emergencial para atender não somente a esse serviço, como também prova teórica e outras demandas. Essas contratações atenderão ainda o projeto de reabertura de 12 postos conforme já divulgado pelo órgão.

“O Detran ainda não está funcionando 100% devido ao atual momento que assola o país e o estado. Se tivéssemos liberdade para contratação direta de funcionários, já estaríamos funcionando a todo o vapor”, justifica Duarte. Ele informa que nos próximos dias, o Detran realizará pregões para regularização do quadro de contratações das empresas. “Todos os trâmites estarão sendo disponibilizados com as informações no Portal do Detran”, acrescentou Duarte.

Exames práticos

Jaqueline cobrou ainda a realização dos exames práticos de direção pelo Detran. Ela foi informada que assim que os exames já agendados fossem concluídos, o órgão irá liberar novas bancas para atender aos alunos que terminaram as aulas e aguardam apenas a prova de direção.

O instituto indagou ainda sobre a possibilidade da ampliação das aulas teóricas de 3h para 5h por dia para cada aluno, o que de acordo com o representante do Detran, será avaliado no início da próxima semana.

O recredenciamento dos Centros de Formação de Condutores (CFCs) poderá ser realizado até o dia 31 de dezembro, mesmo daqueles que não fizeram o recadastramento durante o período da pandemia. O instituto solicitou também ao Detran a extensão da validade dos veículos que vencem em 2020, até o final de 20121, e recebeu a promessa de que uma portaria será publicada autorizando a continuidade e validade.

Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.