Detro intervém nas linhas operadas pela empresa Alto Minho

O Departamento de Transportes Rodoviários (Detro) determinou a intervenção nas cinco linhas operadas pela empresa Transportes e Turismo Alto Minho. Segundo a portaria publicada no Diário Oficial do Estado do Rio, a partir do próximo sábado (05/09), as linhas da Alto Minho passam a ser operadas pelas empresas Viação São José e Evanil Transportes e Turismo.

A Viação São José fica responsável pela operação das linhas 600I Belford Roxo – Nova Iguaçu (via BNH), 601I Belford Roxo – Nova Iguaçu (via Antonio J. Bittencourt) e 602I Belford Roxo – Nova Iguaçu (via Nilópolis).

 Já a Evanil Transportes e Turismo ficará responsável pela 661I Nova Iguaçu – Vila Emil (via Santo Elias) e 663I Nova Iguaçu – Jacutinga.

De acordo com o Detro, a intervenção foi decretada devido às reclamações, principalmente, de mau estado de conservação dos ônibus e descumprimento de horário. Além disso, pela falta de atendimento às solicitações para regularizar a situação da frota, assim como de questões operacionais, fiscais, trabalhistas e previdenciárias.

Passageiros se queixam do serviço nas redes sociais: “Moro na Vila Emil e o Direto só tem um ônibus indo e outro voltando, um descaso e falta de respeito com o usuário. Ônibus que só servem para o ferro velho, critica a internauta. Outro usuário acrescenta: “Ônibus caindo aos pedaços com as máquinas de passar o cartão amarradas com fita! Fora a sujeira e a demora principalmente nos finais de semana!”.

A medida tem caráter emergencial e prazo de 365 dias. “Caso, neste período, a Transportes e Turismo Alto Minho comprove regularização de todas as questões apontadas, a medida pode ser revista”, informa o Detro.

Multas aplicadas em agosto

Os fiscais do Detro aplicaram 279 multas durante o mês de agosto e apreenderam 105 veículos irregulares. Segundo o Departamento, o número de infrações é 16% superior ao mesmo período do ano passado.

Nas fiscalizações nos ônibus intermunicipais, os agentes aplicaram 165 multas.  Além de verificar o cumprimento das normas sanitárias, para conter o avanço da covid-19 em todo estado. Os agentes flagraram irregularidades, como, mau estado de conservação, problema de limpeza, horário irregular, paralisação de linha, falta de selo de vistoria e documentação.

Nas ações volantes, além de multar e retirar de circulação 105 veículos irregulares, nove vans foram multadas por não apresentar os documentos renováveis anualmente dentro do prazo, descumprimento de horário, excesso de passageiros, pneus lisos e embarcar passageiros fora dos pontos permitidos.

Por meio de nota, o Detro disse que vem intensificando as fiscalizações em todo o estado, com o objetivo de garantir um transporte de qualidade e mais seguro para a população fluminense. “Diariamente, as equipes estão nas ruas, atuando em duas frentes: verificando as condições dos serviços prestados por vans e ônibus intermunicipais e coibindo o transporte de passageiros sem autorização do poder concedente”, diz a nota.

Além das ações de inteligência, as reclamações recebidas pela Ouvidoria do Detro ajudam a nortear as operações. As denúncias sobre o transporte intermunicipal podem ser encaminhadas pelo e-mail ouvidoria@detro.rj.gov.br, pelo telefone (21) 3883-4141 ou pelo whatsapp (21) 98596-8545.

Foto: Reprodução redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.