Polícia prende chefe de esquema que fraudava Bilhete Único

A Polícia Civil prendeu o chefe de uma quadrilha que fraudava cartões do Bilhete Único. Os criminosos eram ligados a uma milícia que atua em Belford Roxo, na Baixada Fluminense. O esquema causou mais de R$ 6 milhões de prejuízo aos cofres públicos.

Wagner Santos Paiva, conhecido como “Gianecchini”, estava foragido desde setembro, quando oito integrantes do bando foram presos e uma central clandestina de fraude foi desfeita. O criminoso foi detido na madrugada desta segunda-feira (14/12), em um baile na região.

Segundo a polícia, a quadrilha atuava em diversas estações de trem do estado e o dinheiro obtido era lavado em estabelecimentos comerciais da milícia.

Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.