Passageiros têm de andar por trilhos entre duas estações de trem

Na manhã desta terça-feira (02/02), usuários de transporte público voltam a ter problemas de deslocamento, dessa vez, com a SuperVia. Por causa de uma falha em um trem de manutenção, passageiros tiveram que andar cerca de dois quilômetros pela via férrea entre as estações de Realengo e Padre Miguel.

O problema afetou a circulação do ramal Santa Cruz nos trechos entre Santa Cruz e Padre Miguel/Mocidade e entre Realengo e Central do Brasil. Por volta das 7h, a operação foi normalizada quando as composições passaram a circular por toda a extensão do ramal, mas com intervalos irregulares.

A Supervia informou que por conta do problema, o ramal Santa Cruz iniciou a operação com os trens circulando apenas nos trechos entre Santa Cruz e Padre Miguel/Mocidade e entre Realengo e Central do Brasil. Com isso, muitos passageiros do ramal, que seguiam em direção à Central do Brasil tiveram que descer do trem em Padre Miguel e andar pelos trilhos até a estação de Realengo.

Em redes sociais, usuários do transporte reclamaram: “Imagina acordar cinco da manhã para trabalhar pagar R$ 5,90 em uma passagem e ter que andar dois km para pegar o transporte que deveria estar na plataforma?”, critica uma internauta. Outra diz: “Ontem sem BRT em uma greve contra a redução de horas e salário. Hoje o trem está limitado até Padre Miguel”.

Foto: Reprodução de TV

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.