BRT: Nova iluminação da Av. Cesário de Melo reforça segurança

A Avenida Cesário de Melo, que corta seis bairros ao ligar Santa Cruz a Campo Grande, teve sua iluminação completamente modernizada. Ao todo, 730 pontos de luz via receberam as modernas e econômicas luminárias de LED.

A substituição das luminárias do local fez parte de uma iniciativa integrada da prefeitura de reabertura de 12 estações de BRT, do corredor Transoeste. São elas, Cesarão I, Cesarão II, Vila Paciência, Três Pontes, Júlia Miguel, Parque São Paulo, Cosmos, Icurana, Vilar Carioca, Inhoaíba, São Jorge e Cândido Magalhães. As paradas estavam fechadas desde 2018 por causa do vandalismo.

Com a reabertura das estações, os cariocas ganham 30 ônibus especiais e duas novas linhas, a Linha 17 – com trajeto da estação de Campo Grande à estação de Santa Cruz – e a Linha 14 – com trajeto da estação Santa Eugênia à estação Salvador Allende – .

Para auxiliar a operação do BRT, a prefeitura do Rio, por meio da Rioluz, implantou 34 projetores nas entradas e saídas das estações, e instalou, também, 13 câmeras de videomonitoramento, em parceria com o Centro de Operações Rio. Segundo Ricardo Piquet, presidente da Rioluz, ambas as ações, somadas à chegada do Luz Maravilha, reforçam a segurança e a beleza da via.

“A instalação das câmeras no corredor do BRT da Cesário, assim como a intensificação e revitalização da iluminação no local, vai servir de apoio para a força-tarefa do programa BRT Seguro. É de grande valia somar esforços para ajudar na segurança dos passageiros e evitar danos ao patrimônio público”, afirma Piquet, presidente da Rioluz.

Além da atuação da Rioluz, a reabertura contou com ações de órgãos como a CET-Rio, responsável pela recuperação de semáforos e reconfecção da sinalização de trânsito, e a Secretaria de Conservação, responsável pela fresagem e recapeamento da via.

A iniciativa da modernização da iluminação da Cesário de Melo integra o programa Luz Maravilha, uma Parceria Público-Privada firmada pela prefeitura do Rio que tem como objetivo modernizar todos os 450.000 pontos de iluminação pública da cidade.

Dentro da parceria, também está prevista a implementação do conceito de cidade inteligente no Rio, por meio do projeto Smart City. O braço tecnológico do programa conta com a instalação de 10 mil câmeras de segurança, sendo 40% delas com tecnologia de reconhecimento facial; 5 mil pontos wi-fi que possibilitam a conexão de 1.000.000 de cariocas; e 10.000 sensores para controle de tráfego, de resíduos, de chuvas e demais funções.

Foto: Prefeitura/Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.