Rodoviários confirmam assembleia geral nesta 2ª feira

A presidência do Tribunal Regional do Trabalho (TRT),convocou a direção do Sindicato dos Rodoviários para uma nova audiência de conciliação nesta segunda-feira (09/05), às 14h, na sede do tribunal, para discutir o dissídio 2020/2021 e 2021/2022 da categoria.  Após o chamado do TRT, o presidente do Sindicato, Sebastião José, transferiu a assembleia que aconteceria, em Rocha Miranda, para sede do sindicato, na Rua Camerino, n° 66, no Centro, às 16h.

Para os trabalhadores que quiserem acompanhar a audiência, será colocado um telão na sede, e logo após seu término, será realizada a assembleia.Na reunião dos trabalhadores será decidida a posição que a categoria achar mais conveniente diante do momento delicado que passa, e deliberar a possibilidade de uma paralisação e a instalação permanente de assembleia.

Segundo Sebastião, os rodoviários estão inconformados com a falta de sensibilidade e de consciência por parte dos empresários e da própria prefeitura, que simplesmente ignoraram as inúmeras tentativas de acordo. “Estamos há três anos com o mesmo valor de salários, cesta básica e demais benefícios, o que traz enorme descontentamento aos rodoviários”.

O presidente do Sindicato acrescenta que a categoria tem direito ao reajuste, e caso não seja concedido pelas empresas, a Justiça o fará.  “Mesmo diante desse quadro, peço que os motoristas, principalmente os que trabalham no BRT, não façam nenhuma paralisação por conta própria, que aguardem a assembleia para que juntos possamos definir o rumo que iremos tomar, até porque ainda estamos sob força de uma liminar e qualquer movimento sem o conhecimento da direção do sindicato poderá trazer prejuízo para todos nós. Sabemos da insatisfação dos trabalhadores, mas não podemos contribuir para que a população pague por uma conta que não é dela e nem nossa”, explicou Sebastião.

Foto: Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.