Vans intermunicipais podem trafegar pela Av. Brasil

Um decreto estadual autorizou vans intermunicipais de passageiros a trafegar na Avenida Brasil. A permissão vinha sendo solicitada por representantes do sistema de transporte complementar. Motoristas aposentados no transporte alternativo podem continuar a trabalhar.

A medida busca garantir maior agilidade para os passageiros chegarem ao Centro da cidade do Rio, já que antes as vans intermunicipais tinham apenas a Linha Vermelha como rota. Para evitar impacto no trânsito, os condutores não estão autorizados a fazer paradas para embarque e desembarque na via.

Rosana Pinheiro ,que trabalha há 26 anos no transporte alternativo, comemorou a medida. “Essa é uma grande conquista da categoria. Essa era uma demanda também dos passageiros, que conseguirão chegar mais rápido aos seus locais de trabalho. Além disso, eu já vou fazer 60 anos, e mesmo me aposentando, quero continuar trabalhando, essa autorização vai mudar a vida de muita gente”, destacou.

As vans intermunicipais autorizadas a trafegar pela Avenida Brasil terão que estar em perfeitas condições de trafegar e regularizadas. Os veículos deverão contar com todos os equipamentos obrigatórios como GPS, validador de passagens, ar condicionado, entre outros. Os condutores das vans autorizadas a fazer o transporte de passageiros utilizando a Avenida Brasil devem também observar o conforto, higiene, pontualidade e cortesia para com os passageiros.

O Departamento de Transportes Rodoviários do Estado do Rio de Janeiro (Detro-RJ) vai intensificar a fiscalização diária ao longo da Avenida Brasil. Fiscais irão autuar vans regulares que eventualmente estejam descumprindo o decreto e também as vans irregulares que possam aproveitar da decisão para transitar pela via expressa. O Detro-RJ fará o monitoramento constante do fluxo na via.

Motorista de van há 25 anos, José Henrique Silva Filho, que atua na linha Rio das Ostras – Unamar (Cabo Frio), falou sobre os benefícios para categoria.“Essa autorização vai melhorar o nosso tempo de viagem, a segurança e está de acordo com a nossa realidade. Dessa forma, a legalidade está sendo cumprida e com mais agilidade. Essa medida vai facilitar muito as nossas viagens. Nós vamos conseguir reduzir nosso percurso em no mínimo 40 minutos, além de economizar no combustível”,  afirmou.

“É muito bom celebrar o tempo de diálogo no Rio de Janeiro. Metrô, trem, ônibus, barcas têm que ser de qualidade, assim como o transporte alternativo. Nós precisamos garantir que o passageiro tenha a segurança necessária para trafegar. Queremos oferecer essa segurança e valorizar o motorista que trabalha duro para sustentar a família”, ressaltou o governador Cláudio Castro no evento em que foram anunciadas as normas.

Foto: Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.