SuperVia distribuirá 30 mil bilhetes para o ramal Deodoro

A SuperVia vai distribuir a partir das 16h, desta quinta-feira (21/03) 30 mil bilhetes para passageiros do ramal Deodoro. A ação é resultado de um acordo com a Defensoria Pública do Estado do Rio, como reparação por danos morais coletivos, em razão da colisão de dois trens, ocorrida no dia 27 de fevereiro na estação São Cristóvão.

A distribuição será feita na entrada de 17 estações do ramal Deodoro até que se atinja o total estipulado pelo Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) celebrado junto à Defensoria Pública do Estado do Rio. Os locais onde os passageiros poderão obter os bilhetes são: Praça da Bandeira; São Cristóvão; Maracanã; São Francisco Xavier; Riachuelo; Sampaio; Engenho Novo; Méier; Engenho de Dentro; Piedade; Quintino; Cascadura; Madureira; Oswaldo Cruz; Bento Ribeiro; Marechal Hermes; e Deodoro. As estações Silva Freire e Mangueira não estão incluídas na ação.

Funcionários da concessionária vão orientar os usuários sobre os procedimentos. Os bilhetes em papel moeda deverão ser trocados por bilhetes eletrônicos nas bilheterias até o dia 30/4/2019 e poderão ser usados em todo o sistema. Os passageiros também estão sendo comunicados sobre a ação por meio de cartazes afixados nas estações e do sistema de áudio das estações.

Além dos bilhetes, as vítimas do acidente terão 120 dias para buscar a reparação. É preciso comprovar o dano ou ter procurado atendimento em uma unidade pública de saúde, entre os dias 27 e 28 de fevereiro.

O acidente envolveu dois trens do ramal de Deodoro que vinham da Central. Um estava parado quando o outro bateu. O maquinista Rodrigo Assunção ficou preso às ferragens e não morreu após 8 horas de resgate.

Para esclarecer dúvidas, as vítimas podem entrar em contato por meio do SuperVia Fone 08007269494 ou a Defensoria Pública, pelo número 21 28682100/ ramal 297 ou o e-mail coletivadefensoria@gmail.com.

Foto: Centro de Operação Rio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.