Governo publica novas regras de ocupação dos transportes

As novas medidas relacionadas à taxa de ocupação dos transportes intermunicipais de passageiros, publicadas no Diário Oficial do Estado, nesta terça-feira (25/08), entrarão em vigor nesta quarta (26/08). De acordo com as determinações do Decreto nº 47.228, os sistemas metroviário e ferroviário deverão respeitar a ocupação de até 60% da capacidade de lotação de cada composição, e não mais 50%. No caso das barcas, seguem mantidas as viagens realizadas com o quantitativo de passageiros equivalente ao número de assentos existentes na embarcação utilizada. 

Nos ônibus intermunicipais, os veículos do tipo urbano que circulam entre municípios da Região Metropolitana; entre a Região Metropolitana e o interior do estado; e entre os municípios do interior do estado deverão ter ocupação limitada a 60% da capacidade total, o que equivale a todos os assentos ocupados somados aos passageiros em pé, limitados a duas pessoas por metro quadrado.

Os ônibus do tipo rodoviário (uma porta) que operam entre a Região Metropolitana e o interior do Estado devem respeitar a ocupação de até 60% dos assentos disponíveis, sendo vedada a circulação de passageiros em pé.

Já os que circulam entre municípios da Região Metropolitana e entre municípios do interior do estado, fica mantida a regra de ocupação limitada ao número de assentos do veículo, sendo proibido o transporte de passageiros em pé. 

As regras acompanham a flexibilização do isolamento social adotada pelo estado e pelos municípios e os indicadores monitorados pelas autoridades sanitárias referentes à propagação do coronavírus. Entretanto, há uma tendência de alta na média móvel de mortes por Covid-19, pelo quinto dia consecutivo no Rio de Janeiro, atingindo um total de 15.392 óbitos.

Segundo a Secretaria de Estado de Saúde, foram 100 novos óbitos confirmados desde domingo (23/08), o que elevou a média para 118 mortes por dia: 66% a mais que a média de duas semanas atrás e o maior índice em um mês.

O número de casos chegou a 211.360, com 412 novos casos confirmados em 24 horas. A média móvel atingiu 2.387 casos por dia.

O Governo do Rio diz que não há agora um aumento real de mortes, mas uma revisão de óbitos ocorridos anteriormente.

Os municípios com mais mortes no estado são:

Rio de Janeiro – 9.316

São Gonçalo – 639

Duque de Caxias – 633

Nova Iguaçu – 496

São Joao de Meriti – 370

Niterói – 347

Campos dos Goytacazes – 280

Belford Roxo – 246

Itaboraí – 193

As cidades com mais casos confirmados desde o início da pandemia são:

Rio de Janeiro – 87.164

Niterói – 10.432

São Gonçalo – 10.405

Duque de Caxias – 7.699

Belford Roxo – 6.819

Macaé – 6.775

Nova Iguaçu – 5.104

Volta Redonda 5.040

Angra dos Reis – 4.599

Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.