Rodoviários cobram da Câmara e da Prefeitura volta da vacinação

O presidente do Sindicato dos Rodoviários, Sebastião José, encaminhou, nesta segunda-feira (21/06) ao prefeito Eduardo Paes, ofício cobrando o retorno urgente da vacinação contra a Covid 19 dos cerca de 20 mil motoristas e cobradores de ônibus da cidade do Rio. A imunização dos trabalhadores foi suspensa há mais de um mês, o que traz grande preocupação para esses profissionais que transportam milhares de pessoas. “O número de rodoviários contaminados já chega a 196, com 56 mortos pela doença. Por isso nossa insistência em imunizá-los o mais rápido possível”, argumenta.

Ele disse que também vai cobrar uma posição do presidente da Comissão de Transportes e Trânsito da Câmara Municipal, Alexandre Isquierdo (DEM). De acordo com o presidente do Sindicato, na recente audiência pública realizada sobre o transporte público de passageiros na Casa, Isquierdo garantiu que a vacinação da categoria seria a principal reivindicação da comissão, mas até agora nada foi feito.

Para Sebastião José, o Rio de Janeiro ainda vive um verdadeiro caos em relação ao combate à pandemia de Covid 19, com a falta de fiscalização nos pontos finais e plataformas do BRT, para evitar aglomerações e impedir que usuários embarquem sem máscara. Soma-se a isso a não descontaminação dos ônibus nas garagens. “Não vamos politizar a vacinação e deixar que as empresas receitem medicamentos sem nenhuma eficácia comprovada pela ciência, colocando ainda mais em risco a vida desses profissionais. Acredito e tenho fé que a prefeitura irá se sensibilizar e retomar a vacinação”, apela.

Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.