Após reparos na sinalização, ramal Japeri opera sem atrasos

Os trens do ramal Japeri circulam sem atrasos nesta sexta-feira (10/09), depois de 17 dias funcionando com intervalos irregulares. A operação foi normalizada após a Supervia concluir os reparos das caixas de locação nas proximidades da estação Edson Passos, nesta terça-feira (09/09). Os compartimentos foram alvos de arrombamentos e furtos nos dias 24 e 30 de agosto, afetando a operação do ramal. Nesses locais são guardados os relés, peças que garantem a inteligência do sistema de sinalização e são responsáveis pelos sistemas lógicos de fechamento e abertura automática de sinais para os trens em todo o ramal. Cerca de 15 técnicos trabalharam para regularizar os intervalos das composições. 

“As equipes permanecem se dedicando aos reparos da sinalização em Nova Iguaçu. Criminosos arrombaram instalações e furtaram materiais que compõem o sistema de sinalização no dia 30 de agosto”, diz a nota da empresa. De acordo com a concessionária, foram furtados seis relés, que custam aproximadamente R$ 30 mil cada, para serem revendidos como sucata no mercado ilegal.

A previsão de conclusão dos reparos é para início de outubro. “Por serem equipamentos mais complexos, o tempo de reparo é maior uma vez que exigem uma série de testes eletrônicos e de campo para voltarem a operar”, acrescenta a nota.

Roubos de cabos continuam

Agentes da SuperVia que faziam ronda de rotina flagraram um homem furtando cabos de sinalização nas proximidades da estação Queimados (ramal Japeri), por volta das 22h de quinta-feira (09/09). Com ele, havia 25 metros de cabos de sinalização. A concessionária acionou imediatamente a Polícia Militar e o suspeito foi conduzido para a delegacia.  

Por causa desse tipo de crime, a Polícia Militar criou uma força-tarefa com para coibir os roubos de cabos na via férrea, no dia 1º de setembro. O policiamento é feito por 200 PMs e conta, ainda, com o sobrevoo de helicópteros e drones com equipamentos infravermelhos acoplados para identificar a ação de criminosos no período noturno.

 Foto: Reprodução redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.