Pista reversível da Linha Amarela será reativada na 2ª feira

A partir da próxima segunda-feira (04/10) a pista reversível da Linha Amarela será reativada. De acordo com a CET-Rio, a medida será adotada com o objetivo de dar maior fluidez ao trânsito, já que tem sido constatado que a capacidade de escoamento da via atingiu parâmetros verificados no período anterior à pandemia de Covid-19.

A reversível da Linha Amarela é exclusiva para automóveis e funcionará nos dias úteis, das 6h às 9h. Durante seu funcionamento, uma faixa de circulação extra será disponibilizada para os veículos que trafegam da região de Jacarepaguá e Barra da Tijuca em direção ao Fundão. A faixa reversível inicia na altura da Saída 2 e vai até as proximidades da Saída 9B. Dessa forma, é permitido que os usuários acessem a Linha Vermelha e a Cidade Universitária.

Equipes da Linha Amarela atuarão na montagem e desmontagem da reversível, além de monitorar seu funcionamento e orientar os motoristas. Equipes da CET-Rio também estarão na região para acompanhar a movimentação do trânsito e avaliar o comportamento do tráfego com o novo cenário de circulação.

Monitoramento do tráfego

As características do trânsito na cidade são monitoradas continuamente pelas equipes em campo, câmeras, contagem volumétrica de tráfego e gráficos de filas. Todas essas informações são usadas para identificar a necessidade de novas medidas operacionais.

As informações obtidas atualmente são comparadas com os dados de tráfego obtidos no período anterior à pandemia, tendo como base o ano de 2019.

Caso os parâmetros técnicos sejam atingidos, outras faixas reversíveis poderão ser reativadas.

Além da reversível da Linha Amarela, outras três já foram reativadas em dias úteis, a saber:

Av. Lúcio Costa – Reserva, das 6h às 10h30;

Av. Niemeyer, das 6h30 às 10h30;

Rua Jardim Botânico, das 17h às 20h.

Foto: Divulgação/Prefeitura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.