Sessão de licitação para bilhetagem termina sem proposta

A licitação para a escolha de uma empresa que assumiria a gestão da bilhetagem eletrônica do transporte público no município do Rio terminou sem a apresentação de propostas na manhã desta terça-feira (07/12). A sessão organizada pela Prefeitura durou só cinco minutos. A Sonda e a Tacom, chegaram a enviar representantes, mas nenhum deles fez oferta.

Em nota, a Secretaria Municipal de Transportes informou, que voltará a debater com o mercado para entender eventuais adaptações que possam ser feitas no edital, antes de republicá-lo. Segundo a secretária municipal de Transportes, Maina Celidonio, ainda será avaliado um plano B e um plano C.

O Supremo Tribunal Federal rejeitou nesta segunda-feira (06/12), a ação movida por empresas de ônibus e a Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos (NTU) que tentava impedir a realização da licitação. A decisão foi proferida pelo ministro Dias Toffoli.

Os operadores de transportes são proibidos por lei de participar do certame.

Foto: Reprodução redes sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.