Adesivo colado no solo irá informar para qual pátio carro foi rebocado

Os veículos estacionados em locais proibidos e que forem rebocados terão, no local da infração quando o proprietário ou condutor não estiverem presentes, a colocação no solo de um adesivo alertando sobre sua remoção pelo órgão competente. O aviso deverá conter todas as informações necessárias, como, local para o qual o veículo foi levado, telefone para contato, placa do veículo e data e hora da remoção. Isso é o que determina o projeto de lei que o deputado Dionísio Lins (Progressista), presidente da Comissão de Transportes, da Assembleia Legislativa do Estado do Rio, apresenta nesta terça-feira (15/02). “Com esse adesivo colado no solo, o motorista terá todas as informações necessárias para que possa retirar seu veículo após o pagamento de todas as multas previstas na lei, evitando assim o pagamento excessivo de diárias”, explica o autor do projeto.

De acordo com o parlamentar, a finalidade é a de dar aos motoristas que por ventura estacionem em locais não permitidos, já que o número de vagas nos estacionamentos de rua é bem restrito, pelo menos, a tranquilidade em saber que seu veículo não foi roubado.

“É notória a falta de vagas para estacionamento, o que leva muitas vezes o motorista a aceitar a ‘dica de um flanelinha’ que garante que estacionar ali não tem problema, o que acaba em dor de cabeça para esse motorista que tem seu veículo rebocado e não sabe para que pátio foi levado, fazendo com que ele perca tempo em inúmeras  ligações até achá-lo”, justifica o parlamentar.

O projeto determina ainda que os adesivos deverão ser confeccionados com material resistente a água e intempéries do clima. Esse tipo de iniciativa já é utilizada em outros estados.

Foto: Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.