Comissão cobra explicações sobre verba destinada ao BRT

A insatisfação dos passageiros que diariamente precisam usar o BRT para se locomover é cada vez maior. Diante da situação constrangedora por que passam milhares de trabalhadores, que diariamente precisam usar o BRT, o deputado Dionísio Lins (Progressista), presidente da Comissão de Transportes da Assembleia Legislativa, envia nesta terça-feira (19/04) para a secretária Municipal de Transportes, Maína Celidonio, requerimento de informações.

No documento, o parlamentar solicita saber quais melhorias efetivamente já foram realizadas no transporte e a cópia da planilha do que já foi feito. Ele indaga ainda em que foi aplicado o valor autorizado pela Câmara Municipal para que fossem feitas benfeitorias no sistema BRT, além da cópia do contrato celebrado entre o BRT e a empresa de varejo Magalu e como essa verba de publicidade foi destinada.

“O usuário não aguenta mais disputar um espaço dentro dos ônibus, seja BRT ou os que circulam pelos bairros; o que e não pode mais é o usuário circular como se fosse sardinha em lata. É preciso que haja transparência e uma rápida explicação do que será feito para dar mais conforto e tranquilidade a essas pessoas”, disse.

O parlamentar acrescenta que acompanha o sofrimento da população na hora de ir e de voltar do trabalho.  “Estamos vendo que a prefeitura vem se esforçando para entregar aos usuários um transporte de melhor qualidade, mas para isso é preciso que haja investimento sério no setor”, comenta.

Foto: Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.