Problemas no BRT preocupam Sindicato dos Rodoviários

Os constantes incêndios e demais problemas, que vêm sendo registrados nos ônibus articulados, estão preocupando a direção do Sindicato dos Rodoviários. Segundo Sebastião José, presidente do sindicato da categoria, é urgente que se investigue e apure o que vem ocorrendo, já que a vida não só dos motoristas, como também a dos usuários estão sendo colocadas em risco.

“É preciso que a Mobi- Rio, empresa interventora do sistema BRT da Prefeitura, apure com rigor essas ocorrências, já que sem provas, não podemos falar em vandalismo. Mas vale ressaltar que a frota sucateada e a falta de manutenção dos articulados com certeza colabora, e muito, para os inúmeros incidentes que temos presenciado nos últimos meses, como ônibus parados nas garagens, rodas que se soltam durante a viagem e o uso de peças retiradas de outros veículos para serem reaproveitadas. Quem acaba pagando essa conta são os profissionais da categoria e os usuários, que ficam sem um transporte digno para cumprir seus compromissos”, explicou.

Veículos e estações atingidos pelas chamas

Os incêndios de articulados reduzem ainda mais o número de BRTs circulando. Na noite desta quarta-feira (06/07), um incêndio atingiu o módulo expresso da estação e um ônibus. O módulo parador não foi danificado. Não houve vítimas.

Na manhã segunda-feira (04/07), um ônibus do BRT pegou fogo na manhã, interditando duas faixas da Rua Felipe Cardoso, em Santa Cruz. Os passageiros e o motorista conseguiram desembarcar e ninguém se feriu.

Foto: Reprodução da internet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.