Chuva e acidente causam 101 km de congestionamento

O Rio entrou em estágio de atenção às 10h55 desta sexta-feira (17/05), por causa das chuvas e de um acidente no Túnel Rebouças, sentido Lagoa, entre um ônibus e uma moto. Uma pessoa morreu. O tráfego lento com reflexos até a Linha Vermelha. Equipes da CET-Rio montaram uma reversível na pista em direção ao Centro. O Centro de Operações Rio recomenda o Aterro do Flamengo ou o Túnel Santa Bárbara como rotas alternativas.  Além do acidente, há bolsões de água, principalmente, em pontos das zonas Sul e Oeste, que provocam 101 quilômetros de congestionamento em toda a cidade — a média, no mesmo horário, nas últimas três sextas-feiras, foi de 68 quilômetros.

Há bolsões e acúmulo de água na Rua Muniz Aragão, na altura do número 1350, na Gardênia Azul, na Av. Pres. Vargas, na Cidade Nova, no Elevado do Joá, sentido Barra da Tijuca, na Rua Mena Barreto a partir da Rua real Grandeza, na Estrada da Barra da Tijuca, na altura do número 1716, no Itanhangá, na Rua General Herculano Gomes, altura da estação de São Cristóvão, na Ponte Estaiada da Barra da Tijuca, na altura da Ponte Velha, na Av. Lúcio Costa,  sentido São Conrado,  altura do posto 5.

Uma nova queda de barreira atingiu a Avenida Niemeyer na manhã desta sexta-feira. Por volta das 10h, um grande volume de barro se deslocou no mesmo ponto onde havia ocorrido o deslizamento de quinta-feira, próximo ao Vidigal. O asfalto, que já havia sido desobstruído pelos agentes da Comlurb, voltou a ficar intransitável. Não há previsão de reabertura da via.

De acordo com o Alerta Rio, ainda há possibilidade de chuva forte para esta sexta-feira (17/05), com ventos moderados a fortes a partir da tarde. Mais cedo, entre 8h45 e 9h, houve um registro de chuva fortena Grota Funda.  As temperaturas permanecerão estáveis, com mínima de 19 graus e máxima de 29 graus.

Temporal na noite de quinta-feira

Uma chuva forte atingiu a cidade do Rio no fim da noite desta quinta-feira (16/05). Os bairros mais afetados foram a Barra da Tijuca, Guaratiba, Sepetiba, Rocinha, Jardim Botânico e Laranjeiras, Alto da Boa Vista.

Foto: Centro de Operações Rio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.