Grupo armado sequestra trem do Ramal Saracuruna

Um trem do ramal Saracuruna foi sequestrado por volta das 6h30, por seis homens armados de fuzis, nesta segunda- feira (16/09). A informação foi publicada pelo colunista Ancelmo Gois. De acordo com a SuperVia, os bandidos viajaram por cerca de três quilômetros na cabine do maquinista. Durante a viagem, o grupo não atacou os passageiros, que nem chegaram a perceber o que estava acontecendo.

Segundo O Globo, o grupo invadiu a cabine na estação Manguinhos quando o trem trafegava no sentido Central do Brasil. Os homens armados com fuzis ficaram ao lado do maquinista até a estação Triagem, que fica logo depois de Manguinhos e depois obrigaram o condutor a parar na Mangueira, em um trecho entre as estações Triagem e Maracanã, onde desembarcam.

Depois da fuga dos traficantes, a concessionária foi avisada do que havia ocorrido e acionou o Grupamento de Policiamento Ferroviário (GPFer) da Polícia Militar. Os PMs foram até o local, mas ninguém foi preso.

O sequestro ocorreu no mesmo dia em que uma operação da Polícia Militar, que deixou quatro mortos, no Jacarezinho, provocou a interrupção da circulação dos trens entre 5h35m e 6h45m no ramal Belford Roxo. Nesta terça-feira, os trens do ramal Belford Roxo deixaram novamente de circular no trecho, por causa de outra operação policial, desta vez, da Polícia Civil.

O presidente do Sindicato dos Ferroviários, Valmir Lemos, disse que a violência ao longo da via férrea preocupa os maquinistas que vivem assustados por causa dos constantes tiroteios e do tráfico em algumas estações.

Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.