CCR Barcas aumenta intervalos, reduz viagens e impõe escala

A concessionária que opera o transporte aquaviário na Baía de Guanabara anunciou na véspera de Natal (24/12) a redução na quantidade de viagens em três das cinco linhas de barcas. As alterações começam na próxima segunda-feira (30/12).

A Agetransp informou que não foi avisada da mudança e que não há decisão final. A concessionária CCR Barcas, que pode ser multada, alegou que o objetivo é “adequar a oferta à demanda, reduzindo os impactos da crise financeira”.

Usuários terão que esperar mais cinco minutos nos horários de pico entre Niterói e Praça XV
A partir do dia 2 de janeiro, na linha Arariboia, o intervalo entre as viagens nos horários de pico — das 6h30 às 10h10 e das 16h30 às 20h10 – passará de 10 minutos para 15 minutos . As demais partidas foram mantidas.

As novas grades já estão no site da CCR Barcas.

Na linha Paquetá menos viagens nos fins de semana
Já o passageiros de Paquetá, a partir de 30 de dezembro, terão de dividir algumas das viagens com os de Cocotá. No sentido Rio, três barcas vão parar na estação da Ilha do Governador, aumentando o tempo até a Praça XV em 40 minutos. Em direção a Paquetá, quatro saídas param em Cocotá antes.

As viagens diretas também foram afetadas. Na linha Praça XV-Paquetá-Praça XV, nos dias úteis, do total de 33 viagens que existiam, foram mantidas 20 – dez em cada sentido. E dessas 20, sete pararão em Cocotá.

Nos fins de semana e feriado, as saídas foram reduzidas à metade, para seis, totalizando 12 viagens na linha. Cocotá seguirá fechada durante finais de semana e feriados.

Passagens mais caras em 2020
A mudança na grade de horários coincide com o aumento das tarifas, autorizado pela Agetransp, conforme o blog Estação Rio noticiou no dia 23. A partir de 12 de fevereiro, a tarifa nos trajetos Praça 15-Arariboia, Praça 15-Paquetá e Praça 15-Cocotá passa de R$ 6,30 para R$ 6,50.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.