Obra na Av. Paulo de Frontin será concluída nesta 2ª feira

A terceira etapa das obras de saneamento do Coletor Tronco Cidade Nova será iniciada às 7h deste sábado (08/02), com a interdição de meia pista da Avenida Paulo de Frontin, sentido Centro, entre as ruas João Paulo I e Haddock Lobo. A conclusão da terceira fase está prevista para as 5h de segunda-feira (10/02).  A Av. Paulo de Frontin, sentido Rebouças, bloqueadas na primeira e segunda etapas da obra será liberada.

Devido às interdições, os motoristas provenientes do Túnel Rebouças com destino à Cidade Nova e Estácio devem seguir pelo Elevado Engenheiro Freyssinet (até a saída sentido Centro/Prefeitura); e pelaRua Pinto de Azevedo.

Segundo a Secretaria de Estado do Ambiente, que realiza a obra através do Programa de Saneamento Ambiental dos Municípios do Entorno da Baía de Guanabara (PSAM), a intervenção tem como objetivo à reversão da degradação ambiental da Baía de Guanabara por meio do aumento da cobertura de coleta e tratamento dos esgotos na zona urbana.

A CET-Rio preparou um esquema especial de trânsito nas principais vias do entorno da obra. A operação de trânsito contará com a participação de 15 operadores por dia, entre controladores da CET-Rio, Guardas Municipais e apoiadores de tráfego, que trabalharão para manter a fluidez, ordenar os cruzamentos, orientar pedestres durante todo o período da obra.

Técnicos da CET-Rio irão monitorar toda a área impactada pela obra através de 42 câmeras no Centro de Operações Rio (COR) permitindo que sejam implantados ajustes na programação dos semáforos com o objetivo de garantir a fluidez do trânsito. Seis painéis de mensagens variáveis informarão sobre a interdição do trecho, as condições de trânsito e as rotas de desvio.

Recomendações

• Respeitar as orientações dos agentes de trânsito e de toda sinalização implantada na área;

• O uso do transporte público é a melhor opção para os deslocamentos da população (trem, metrô e ônibus);

• Aos motoristas que não necessitem passar pela região da obra, sugere-se que busquem rotas alternativas para seus trajetos.

Foto: Divulgação/Prefeitura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.