BRT: Sindicato faz assembleia para discutir demissões

A direção do Sindicato dos Rodoviários realiza nesta quarta-feira (03/03) às 15h, na Avenida Salvador Allende, na Barra da Tijuca, assembleia com cerca de 100 trabalhadores que foram demitidos no BRT. De acordo com Sebastião José, presidente do Sindicato, o objetivo do encontro é colocar em pauta a proposta de parcelamento das indenizações feita pelo consórcio para pagar o que é devido aos rodoviários.

“Em um momento tão delicado por que passa o transporte público e nossa economia, ficar sem emprego é catastrófico. Nossa finalidade é garantir que todos os direitos trabalhistas sejam pagos conforme a lei aos profissionais”, disse.

Sebastião lembra ainda que não se pode culpar só a pandemia pelos transtornos causados no transporte público da cidade, já que mais de 15 empresas fecharam as portas nos últimos anos. De acordo com o presidente do sindicato, a falta de planejamento, reposição da frota e “péssima administração por parte dos empresários”, colaboraram muito para que se chegasse a esse ponto.

“Para se ter uma ideia, nos últimos doze meses foram fechados 6.100 postos de trabalho no transporte urbano. A chegada da Covid-19 só fez agravar a situação e expor motoristas e cobradores ao vírus, já que não existe nenhum tipo de controle ou fiscalização por parte do poder público. Em todos esses anos de sindicalismo, jamais presenciei uma situação tão delicada no setor”, ressalta.

Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.