Falha nos ramais Saracuruna e Belford Roxo afetam operação

Os passageiros da SuperVia enfrentam mais uma manhã de paralisação na circulação dos trens nesta quinta-feira (24/06). De acordo com a concessionária, devido ao furto de cabos de energia na estação Del Castilho, o ramal Belford Roxo ficou com a operação suspensa por três horas. Quinze estações ficaram fechadas.

No trecho Gramacho-Saracuruna, do ramal Saracuruna, e nas extensões Vila Inhomirim e Guapimirim a suspeita do furto de grampos, na estação Campos Elísios também interrompeu a circulação das composições.

Os serviços voltaram por volta das 9h, mas com intervalos irregulares. Internautas reclamam da Supervia nas redes sociais: “Diariamente, é uma novela e é sempre o pobre que paga esta conta. Até quando?” critica.

Outro passageiro sugere: “Por que a Supervia não coloca Belford Roxo até a Pavuna? Já que o problema está em Del Castilho ajudaria muito os usuários, pois na Pavuna tem mais opções de ônibus”.

Em nota, a concessionária destaca que os roubos de cabos têm sido recorrentes. O sistema ferroviário registrou nos cinco primeiros meses deste ano, “125 casos de furtos de cabos de sinalização e de rede aérea, o que representa mais que o triplo do mesmo período do ano passado. Somente de janeiro a maio de 2021, foram furtados mais de 12 mil metros de cabos, causando um prejuízo de R$ 899 mil”.

Já sobre a suspeita de furto de grampos (peça que fixa os trilhos aos dormentes), a concessionária “lamenta os transtornos causados pelas constantes ocorrências de segurança pública no sistema ferroviário e reforça que essas são medidas adotadas para preservar a integridade física dos clientes e colaboradores”.

Paralisações e intervalos irregulares desde segunda-feira

Os problemas na circulação dos trens começaram na última segunda-feira, quando uma pane em uma composição na estação Vigário Geral, no ramal Saracuruna, paralisou 37 estações do ramal e das extensões Vila Inhomirim e Guapimirim.

Nesta quarta-feira (23/06) por causa de uma ocorrência no sistema de sinalização nas proximidades da estação Nova Iguaçu, o ramal Japeri operou com intervalos irregulares.  Outra ocorrência, com o trem que realiza viagens no trecho Saracuruna e Citrolândia, suspendeu temporariamente a operação da extensão Guapimirim.

Na terça-feira (22/06), uma falha em uma das máquinas cancelou a última viagem dos trens da extensão Guapimirim foi cancelada. No mesmo dia, uma vistoria nas proximidades da estação Campos Elíseos, paralisou o trecho entre as estações Gramacho e Saracuruna e as extensões Vila Inhomirim e Guapimirim.

Usuários protestam nas redes sociais: “Não tem um único dia que a Supervia não enfrente dificuldades para manter o sistema de trens operantes. O engraçado é que as pessoas pagam a passagem, mesmo com as péssimas condições a supervia insiste em reajustar o valor e nada muda”, reclama.

Foto: Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.