Justiça determina que linha inoperante volte a circular em 48 horas

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) obteve na Justiça decisão liminar que obriga o Consórcio Internorte a regularizar a circulação da linha 944 (Pavuna x Engenheiro Rubens Paiva – Circular) em um prazo de 48 horas. Ou providencie a substituição por outra que faça o mesmo trajeto. Caso a determinação não seja cumprida, o consórcio pagará multa de R$ 5 mil por infração.

De acordo com a decisão, apesar da instauração de procedimento administrativo, realização de fiscalizações e autuações, a linha continuava inoperante. O documento diz ainda que a demora natural do processo pode vir a causar danos irreversíveis aos consumidores que dependem do transporte público.  Passageiros relatam que a linha parou de circular desde maio e que só restam as vans para fazer o deslocamento até o metrô.

Foto: Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.