Sem acordo no TRT, rodoviários podem parar no domingo

O presidente do Sindicato dos Rodoviários, Sebastião José, informou que os cerca de 19 mil motoristas e cobradores de ônibus, além dos demais profissionais da categoria podem paralisar as atividades por tempo indeterminado. Segundo Sebastião José, não houve acordo na audiência de negociação sobre o dissídio entre o Sindicato, Prefeitura do Rio e empresários do setor mediada pelo Tribunal Regional do Trabalho (TRT). Com isso, está confirmada a para o próximo domingo, às 20h, na sede social do sindicato, em Rocha Miranda, a assembleia para deliberar sobre a greve.

“Infelizmente, os empresários e a prefeitura foram insensíveis em relação à atual situação da categoria. Já notificados aos órgãos competentes na ata da audiência de hoje, nossa assembleia e a paralisação da categoria a partir de meia-noite de segunda-feira. Não dá mais para a categoria pagar a conta da total desorganização do transporte de passageiros na cidade”, declarou o presidente da entidade.

“Já são dois anos sem nenhum tipo de reajuste salarial. A situação do transporte de passageiros na cidade do Rio de Janeiro está completamente sem rumo, um verdadeiro caos generalizado, e quem acaba pagando o pato são os usuários e a categoria”, criticoou Sebastião.

Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.