UFRJ oferece videoaulas gratuitas sobre gestão de risco de desastres

A UFRJ disponibilizará a partir desta terça-feira (12/1) cerca de 20 videoaulas gratuitas no YouTube e na Plataforma do Conhecimento em Desastres (P-CON Desastres) de conhecimentos básicos sobre gestão do risco de desastres. O objetivo é lembrar os 10 anos do desastre da Região Serrana do Rio e levar o assunto a profissionais do setor e novos gestores municipais do país.

As aulas do professor do Departamento de Construção Civil da Politécnica-UFRJ, Leandro Torres Di Gregório, foram gravadas durante curso oferecido no Programa de Engenharia Urbana e no Programa de Engenharia Ambiental da Politécnica-UFRJ.

“As aulas englobam todas as fases de um desastre e abordam o tema de maneira integrada ao planejamento urbano. Considero esse material útil a todos os profissionais que atuam direta ou indiretamente com esses temas, especialmente os que integram os quadros da União, estados e municípios de todo o Brasil. Quando se trata de desastres, todo conhecimento que possibilite a redução do risco é importante”, destaca o professor Leandro Torres.

Redução do risco

Os vídeos abordam conceitos e terminologias relacionados à gestão do risco de desastres; legislação e estrutura organizacional do Sistema Nacional de Proteção e Defesa civil; ações de prevenção, de redução do risco de desastres e de preparação e fortalecimento institucional; monitoramento e alerta de desastres; resposta e recuperação pós-desastre; além de aspectos práticos de gestão.

Não há necessidade de inscrição para assistir aos vídeos e o conteúdo poderá ser visualizado no canal do YouTube do professor Leandro Torres e no site da Plataforma do Conhecimento em Desastres (https://www.pcon-desastres.poli.ufrj.br/biblioteca/), projeto de extensão coordenado pelo mesmo professor, a partir do dia 12 de janeiro.

PCON-Desastres

A Plataforma do Conhecimento em Desastres foi desenvolvida por uma equipe de professores da Politécnica-UFRJ com a finalidade de estimular a interação entre os diferentes atores (profissionais autônomos, acadêmicos, poder público, setor privado, associações de moradores e outras instituições) envolvidos em questões relacionadas a desastres. Nela, os interessados podem cadastrar suas ações, serviços, recursos e qualquer iniciativa relacionada à temática desastre.

Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.