Veja o esquema especial de transportes do carnaval

Na região do Sambódromo são esperados entre 100 mil e 120 mil pessoas por dia de evento. Por causa das interdições e bloqueios das vias, a Secretaria Municipal de Transportes (SMTR) recomenda que o público priorize o uso de trens e metrô para chegar na Sapucaí e que antecipem a saída.

O itinerário das linhas de ônibus será alterado das 17h de sexta-feira (1/3) às 13h da Quarta-feira de Cinzas (6/3) e ainda das 14h de sábado (8/3) às 12h de domingo (9/3).

Agentes posicionados em diversas áreas de embarque e desembarque farão a fiscalização, auxiliados por fiscais da SMTR, que estarão monitorando a operação em campo, nos pontos de táxis, e por meio de câmeras no Centro Integrado de Mobilidade Urbana do Centro de Operações Rio (Cimu – COR) e nas bases móveis da fiscalização montadas por ocasião do evento.

O MetrôRio vai funcionar 24 horas, com esquema especial, que já começa às 5h de sexta-feira (1/3) e vai até as 23h59 da terça-feira de carnaval (5/3). As composições da Linha 2, do metrô, a partir deste sábado (2/3) farão o trajeto direto Pavuna-Jardim Oceânico, sem necessidade de transferência entre as duas linhas. A orientação para os foliões que vão participar dos blocos e assistir aos desfiles das Escolas de Samba é comprar os cartões de embarque com antecedência, para evitar filas.

O serviço dos trens será reforçado com partidas extras durante o carnaval, nos ramais Santa Cruz, Japeri e Saracuruna nas madrugadas e durante o sábado, domingo, segunda-feira e terça- feira de Carnaval (2, 3, 4 e 5/3). Os trens dos ramais Santa Cruz e Japeri atenderão as estações do ramal Deodoro.

Segundo a SuperVia, a estação Central do Brasil ficará aberta do início da operação desta sexta-feira (1º/3) até o último trem de terça-feira de Carnaval (5/03). O acesso deverá ser feito pelo portão A. Na operação das madrugadas, todas as outras estações do sistema ferroviário funcionarão somente para desembarque de passageiros.

Integrantes de nove escolas do Grupo Especial e Série A serão transportados gratuitamente nos trens, tanto na ida quanto na volta do Sambódromo, nos dias de desfile. São elas: Beija-Flor, Mocidade, Grande Rio, Imperatriz Leopoldinense, Acadêmicos de Santa Cruz, Inocentes de Belford Roxo, Unidos de Padre Miguel, Unidos de Bangu e Unidos da Ponte. Segundo a SuperVia, a iniciativa reforça os laços históricos do trem do Rio com o samba, dando continuidade à parceria com as escolas que margeiam a linha férrea e ajudam na preservação da nossa cultura.

A concessionária recomenda que os passageiros consultem a aba do site para o Carnaval (www.supervia.com.br/melevaprafolia); o “Planeje sua viagem” (no site e no aplicativo); ou o SuperVia Fone, no número 0800 726 9494 (24 horas), para programarem suas viagens e tirarem dúvidas sobre os serviços. O planejamento especial está sendo divulgado nos canais digitais da empresa e em cartazes nas estações.

Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.